quarta, 24 de abril de 2019
Facebook Instagram Twitter Youtube
48 3053-4400

A Hora do Emprego - Fernando Rodrigues

Como você procura emprego?

Publicado em 30/01/2019 00h34

Sua resposta clara e bem elaborada a esta pergunta do título pode colocar você na cara do gol ou deixar você esquentando banco de reservas! Entendesse? 

Veja bem. A busca pelo emprego pode ser um caminho bem difícil. Não, não, eu não estou aqui jogando um balde de água fria em suas esperanças de conseguir um emprego este ano, porém é preciso ser realista. Por isso que a forma como você encara a sua empreitada de conquista de uma oportunidade no mercado de trabalho é fundamental para que se tenha o sucesso almejado. Ou não?

O fato é. Nas escolas, nos cursos técnicos, nos profissionalizantes, até mesmo nas universidades e faculdades, ninguém ensina como conseguir um emprego. É uma informação desalentadora, mas é verdade. Ou você lembra de algum momento do teu curso ter aprendido a conseguir um emprego? 

Contudo, já não é de hoje, que eu venho batendo na mesma tecla e dizendo que deveria constar como obrigatório do currículo pedagógico, a partir do segundo grau, uma disciplina que oriente os jovens para a nossa realidade profissional.

Dito isso, vamos ao que interessa. Isso mesmo, garimpar vagas. E claro, acertar o alvo. Tome nota. Ah! Você já está empregado. Que ótimo! Então me ajude a compartilhar este texto com seus amigos, familiares, etc. e tal. 

Atualize o seu currículo – é fundamental que você antes de iniciar qualquer empreitada na busca por uma colocação no mercado de trabalho, atualize o seu currículo. Não me venha com desculpas, ao menos releia-o; 

Pesquise sua faixa salarial – evite esse erro comum, tenha em mãos, quando eu digo em mãos, quero dizer anotado em algum lugar de fácil acesso a faixa salarial da sua profissão. A maioria dos trabalhadores não faz ideia da média salarial nacional da sua área de atuação. E quando são perguntados em uma entrevista ou que coloquem em seu currículo, “qual a sua pretensão salarial”, não sabem o que responder/escrever. Use a internet e pesquise num site confiável a média salarial nacional da sua profissão.

Analise se o seu perfil é adequado a sua busca – não saia por aí se candidatando a qualquer vaga. Defina o que você procura. Poupe tempo e sola de sapato. 

Procure emprego todos os dias (Internet, jornais, rádios). Crie uma agenda diária de busca de empregos. Com horários bem definidos. Mantenha uma rotina diária proativa com foco no seu objetivo. Não se distraia. Mantenha a sua flecha apontada para o alvo –, “emprego”.

Entre em contato com comunidades de profissionais da sua área – sindicatos, associações de profissionais, aposentados e etecetera e tal.

Faça uma lista das principais empresas da sua cidade/região – é aquele tal detalhe: jamais mergulhe em alguma lagoa antes de verificar se não há pedras no fundo! Entendeu? Ter uma lista com as principais empresas (sites, e-mail, telefone, e o que cada uma faz) na sua cidade é fundamental.

Cadastre seu currículo nos sites de empregos – reserve ao menos 3 horas para cada site. Cadastre também nos “bancos de talentos” das empresas. Cadastre com muita atenção aos detalhes.

Busque sua rede de amigos, familiares e vizinhos – avise todos que você está procurando emprego. Peça ajuda, se caso ficarem sabendo de alguma vaga na sua área para avisarem você.

Participe de eventos da sua área – Procure manter-se atualizado na sua área de atuação. Aumente sua rede de contatos.

Pratique serviço voluntário – aqui você pode encontrar o que procura. Pessoas dispostas a ajudar! Converse, doe-se.

Pense positivamente – faça de cada dia uma nova oportunidade para conseguir o que você tanto deseja. O emprego que você quer está ao seu alcance, não basta entregar currículos e esperar. A conquista de uma vaga requer persistência e determinação. Ademais, confia em Deus e sucesso!


VOLTAR
Notisul - Um Jornal de Verdade
LIGUE E ASSINE (48) 3053-4400 Rua Ricardo José Nunes, 346 - Jardins de Pádova - Santo Antônio de Pádua - CEP: 88701-571 - Tubarão/SC
Copyright © Notisul - Um Jornal de Verdade 2017. Desenvolvido por Demand Tecnologia e Bfree Digital